Seu negócio já fez um Check-List de Marketing Digital?

Diagnóstico

Por mais que a maioria dos gestores saibam que é importante olhar para o público da internet com mais atenção, ainda há bastante dificuldade em desenvolver um trabalho sólido de marketing digital em empresas que têm pressa em implementar as soluções, mas ainda se encontram nos estágios iniciais dos processos que levam à automação de rotinas, junto com a otimização dos principais índices da estratégia. Seu negócio já fez um Check-List de Marketing Digital? Se a resposta for negativa, você pode estar indo da direção errada ou perdendo oportunidades.

 

Mas o que é afinal o Check-List de Marketing Digital? 

É nessa hora que é possível registrar o momento da empresa, identificar as necessidades e elencar as prioridades. Do mesmo jeito que nenhuma casa começa a ser construída pelo telhado, é fundamental constituir a presença nas redes seguindo boas práticas que não são só recomendadas como recompensadas com maior visibilidade pelas próprias plataformas. 

 

 

É do interesse das ferramentas de busca, redes sociais, blogs e servidores de e-mail que transmitam aos seus usuários conteúdo verdadeiro, relevante e atual. Por isso, reservam aos melhores parceiros (e aqui não se trata das cifras investidas, mas dos que melhor seguem as recomendações dos próprios canais para conversar com a audiência de maneira produtiva, ética e saudável. 

Por isso, não adianta querer apressar o curso das coisas ouvindo promessas milagrosas que envolvem ganho automático de seguidores, contatos de e-mail e interações automáticas. E só com um check-list, ou diagnóstico de marketing digital, realizado da maneira adequada é possível entender o que fazer e em qual ordem.

Como diagnosticar e como trocar os pneus do carro em movimento 

Uma das rotinas iniciais de diagnóstico é mapear pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças. No marketing, essa metodologia é conhecida pelas siglas SWOT, em inglês, e FOFA no nosso idioma. Com esse mapa, o time será capaz de entender quais fatores internos e externos devem ser considerados na estratégia antes de dedicar seu tempo aos processos.

Ter em mente os fornecedores, clientes internos, externos, influenciadores e concorrentes, além da persona dos seus públicos é tão importante quanto saber a própria persona da organização, seus valores e de que forma é percebida pelos usuários.

O diagnóstico também vai se debruçar sobre os processos de marketing que envolvem a jornada do consumidor com sua marca, consumindo e engajando com suas informações e adquirindo suas soluções. As etapas de atração, consideração, conversão, vendas e análise devem ser observadas pela ótica do relacionamento com o cliente. Quanto

mais tempo os seus consumidores conversam com o seu negócio, mais dinheiro podem direcionar para a marca, seja em diretamente ou em recomendações.

É preciso andar para só depois aprender a voar

O diagnóstico de marketing serve também para estipular metas e prazos para avaliar o desempenho da organização. Com frequência vemos a perseguição a um determinado índice sem que se perceba que é o conjunto de processos que de fato provoca a mudança positiva. O resultado de se queimar etapas é invariavelmente o desperdício de investimentos e um estrangulamento ainda maior dos prazos.

Para que seja possível entregar resultados consistentes, não dá para deixar de lado seguir o básico das melhores práticas. Vincular o endereço físico ao perfil do seu negócio na internet é uma boa maneira de começar a criar as raízes necessárias para que a sua árvore de contatos com clientes cresça de maneira forte e saudável. Informar o telefone da empresa, o e-mail para contato e o horário de funcionamento também contribuem para a comprovação da idoneidade da marca.

Raros são os empreendimentos que podem se dar ao luxo de não atender seus clientes em uma etapa de manutenção. Na internet ocorre coisa parecida, já que os processos de marketing precisam ser introduzidos na cultura organizacional sem emperrar os processos atuais. Tarefas que ajudem a escoar os gargalos mais preocupantes devem ser implementadas mais cedo de forma a facilitar a transição para as novas rotinas.

Para auxiliar os profissionais a concentrar tempo e esforços com maior potencial de mudança, é bom ter atenção às ferramentas que podem ajudar a simplificar e otimizar a rotina do negócio. Em organizações menores, as equipes de marketing e vendas tendem a serem compostas por poucas pessoas que desempenham diversas funções em torno da melhoria dos números.

Identificar os processos repetitivos e que demandam maior tempo, e as respectivas soluções oferecidas pelo mercado para a adequada execução é um dos tópicos presentes em um bom diagnóstico de marketing. Assim, o valioso tempo dos colaboradores pode ser investido em buscar novidades e oportunidades ao invés de desperdiçado em tarefas que um robô (ou um software) podem fazer. Da mesma maneira há de se fazer na hora de consolidar os resultados. Para quê colocar horas e horas de depuração de dados e planilhas na rotina de um colaborador se existem diversos modos de automatizar essa exibição de indicadores com atualização praticamente em tempo real?

Com o check-list feito, é hora de se planejar 

Em termos gerais, o trabalho do marketing é fazer com que o público interessado chegue ao momento de compra plenamente satisfeito e reforce a proximidade com a marca mesmo depois da realização da venda. Trata-se então de municiar o departamento comercial com prospecções cada vez mais assertivas.

É dever do bom profissional fazer os clientes perceberem que os processos são regidos por um propósito e possuem tempo e ordem para acontecer. 

Quer entender na prática como funciona o Check-List de Marketing Digital?  Conheça cada etapa:

·  Análise das Ferramentas Digitais Atuais

o    Redes Sociais

o    Site

o    SEO

o    Anuncios e links patrocinados

o    Funil de vendas

o    Jornada do consumidor

o    CRM

·  Análise de Posicionamento Digital do Mercado

o    Dores do negócio

o    O que resolver

o    Objetivos

o    Histórico da empresa

o    Análise da concorrência (até 2 concorrentes)

o    Análise de Pontos fortes e fracos

§  Atração

§  Conversão

§  Relacionamento

§  Vendas

§  Resultados

·  Análise da Presença Digital

o    Persona

o    Recomendação de Personas

·  Plano de ação Digital Atual da Empresa

Faça o Check-List de Marketing Digital da Six on Demand

Nosso time conta com especialistas para analisar, junto com você, o seu cenário e apontar o melhor caminho a seguir. Com a Six on Demand, o seu diagnóstico de marketing digital pode ser realizado separadamente, como uma consultoria, ou como parte de uma estratégia vencedora desenvolvida pela gente.

E tudo começa com um bom papo.

Comece agora , converse com nossos especialistas, clique aqui

.